CONHEÇA A EQUIPE

 

Este projeto tem como objetivo levar a dança de rua para o teatro, valorizando e fortalecendo o movimento da arte urbana, através da troca de conhecimentos entre artistas da dança, artes visuais e música no contexto da integração das artes na tecnologia digital.

ENCONTRO COM
A EQUIPE

 

sábado 1 fevereiro 2014

14 h

APRESENTAÇÕES

 

sexta  31 janeiro 2014

sábado 1 fevereiro 2014

19 h

INFORMAÇÕES

 

 Tel. (21) 3980-3815

www.caixa.gov/caixacultural

Bilheteria: terça a domingo

das 10 h às 21 h

Ingressos: R$ 10  (inteira) e 

R$ 5 (meia)

Classificação etária: 12 anos

 

Marko 93

Criação Performance Light Painting

 

Marko 93 é uma figura notória do grafite na Île de France, mais precisamente em Seine-Saint-Denis. Artista grafiteiro, Marko 93 contribui para a integração das artes urbanas na dinâmica da arte contemporânea. Desde 1988 dedica-se ao Grafite – sob a forte influência dos estilos americanos. Até os anos 90, ele aguça sua técnica: letragens, personagens realistas e charges. Os grafites de Marko são indissociáveis da parede de sua cidade. Em 1999, Marko começa a explorar o universo Light Painting: é o início da Future School. Associações com o body painting e o body-writing, agregaram a sua técnica que depois é adaptada para a linguagem do video. Como autêntico artista do Hip hop, Marko 93 guardou a marca das influências deste movimento. Hoje, vinte anos depois, ele é um artista bem ancorado na sua época: polivalente com traços artísticos poliglotas, está sempre em busca de novos campos de aplicação, usando a luz e seus efeitos como ponte entre o corpo e a tecnologia.

Cyrille Brissot

Criação Live Performance (Som e Imagens) e Engenharia de Softwares

 

Artista e músico, Cyrille Brissot combina conhecimento técnico e pesquisa artística. Brissot é formado em engenharia acústica na École des Arts et Métiers e  trabalha no Institut de Recherche et de Coordination Acoustique/ Musique-IRCAM,  atuando na investigação das possibilidades de expressão na interação com as novas mídias  desenvolve tecnologias para arte e interatividade. Considerado como um dos grandes especialistas na captura do gesto, recebeu o prémio de Melhor Criação do Ano em Bains Numériques - Festival de Arte digital - espetáculo Mayakkam-Oxymore (2009).  Em 2008 seu projeto BarathaData na Índia ganhou o prêmio  Hors Les Murs  de Villa Médicis. Artista multimídia, com vasta experiência em trabalhos interdisciplinares, Cyrille Brissot vem colaborando com diferentes artistas (Marina Abramovic, Carlinhos Brown, Nicolas Frize, Marko93, Emilie Simon, Valécia Ribeiro, Peggy Preheim, Mikael Mutti, Avril, O-Rudo, Seungyon-Seny Lee, Cyril Hernandez, Jean-François Laporte, Ben Vedrenne, Valeria Apicella ...) na  criação de obras híbridas no cruzamento de diferentes campos artísticos. No ano de 2013 realizou uma performante com a cantora Elizaveta Khripounovano TED Global . Ele desenvolveu diversos softwares e plugins de audio (TheArchitect, MoteurA, TheSatelites, LiveCompagnons, 1-Pro-Vis-t, Octo-gone, MusiqueLab-Audio, IrcaMax) e o softwares para video (Ecran, VJJV , ComeIntoMyLight ...) e participou no desenvolvimento de muitos produtos inovadores: EtherSense, WiseBox, eo-Body, Persephone, Lemur, Karlax... etc. Foi nesse contexto que ele desenvolveu o software específico para Light- Painting, que possibilita a realização do  grafismo em  3D, ecológico.

Coletivo B.Boys
Wagner José de Faria e João Paulo Félix da Cruz

Dançarinos Hip Hop

 

João Paulo é professor e coreógrafo de dança de rua (Hip hop, Popping, Locking, House), tendo ministrado aulas e workshops em diversas instituições como Paul Barles Saint - Maximi França 2007; Lycée D’Enseignement Saint - Maximi França 2007; L ́École Jean-Jaurés - Maximi França 2007; L ́École Genevoix - Toulon França 2007; Escola de Dança Francine e Fialho – Rio de Janeiro Brasil 2010; e também em projetos sociais como o Projeto do ABC (Associação Beneficiente Cristã) 2006; Projeto Paes Amo Salgueiro 2006-2010 e Up Grade Solidário 2007 (ajuda para os moradores do morro do Bumba-Niterói) 2010. Desde 2005 o coletivo B.Boys tem marcado uma presença significativa no cenário nacional e internacional da dança urbana. Apresentações Internacionais: Levandel park/ Paradiso Club - Amsterdam Holanda 2005; Centre Culturel Chateau Vallon - Toulon França 2005 e 2007; Parc Alexier -Toulon França 2005; Hyères - Toulon França 2005; Six Fours - Toulon França 2005; Carqueiranne/La Pradet - Toulon França 2005; Fête Quatier Ste Musse -Toulon França 2005; La Maison de la Danse - Lion França 2005; Les salins - Martigues France 2005; Parc Jean Moulin á Bagnolet (Seine Saint Denis) - Paris França 2005; La Smala Festival - Tunis Tunísia 2005; Campeão em Paris: Stilo (Locking) 2007. Apresentações Nacionais: Geração Hip hop (SESC-RIO) Tijuca, São Gonçalo, Madureira, FINEP 2005 a 2007; Criança Esperança em 2008 e 2010; Festival de Joinville 2009; Participação no filme Maré – Uma História de Amor.

Daniel Solis

Criação de Iluminação

Daniel, nosso diretor de cena, designer de luz, solution-man, nasceu 10 de agosto de 1978 em Saint Denis, onde cresceu embalado ao som de NTM, um dos mais famosos grupos de rap francês. Após encontrar o diretor do Teatro do Vale, em 1999, que durante cinco anos lhe formou na produção de espetáculo, sob a supervisão de Uwe Backaus, ele descobriu uma paixão pela luz.
Ao mesmo tempo, Daniel Solis participou de diversos cursos em CFPTS - Centre de Formation des Professionnels Techniciens du Spectacle (Centro de Formação para Técnicos Profissionais do Espectáculo), incluindo Técnicas Aplicadas de Iluminação. Entre 2006 e 2009, ele coordenou projetos técnicos e artísticos na equipe de Jean Pascal Levy Trumeter dentro da sociedade Bokoû, realizando trabalhos de VINCI à Dubai, Lisboa, Mônaco. Desde então, ele se especializou em espetáculos cênicos que incluem luzes dinâmicas e interativas, como o Light- Painting em tempo real.

Valecia Ribeiro

Direção de Arte e Imagens

 

Valécia Ribeiro é artista visual e professora adjunta de Fotografia e Vídeo na Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, doutora pelo Programa de Pós Graduação em Artes Cênicas da Universidade Federal da Bahia (tese “Imagens de si: processos poéticos entre o corpo de artista e sua própria imagem na mediação tecnológica”); mestre em Arte Contemporânea pela UnB - Universidade de Brasília (2004) e em Artes Visuais pela Libera Accademia di Belle Arti di Firenze – Itália (2006); graduada em Comunicação Social (Hab. Publicidade e Propaganda) pela Universidade Católica do Salvador (1994). Pesquisadora das relações entre arte e tecnologia, atua principalmente nos seguintes campos: poéticas do corpo e da imagem. Artista visual, interessada na convergência dos meios (fotografia, video e performance) na arte digital, Valécia Ribeiro tem realizado várias exposições no Brasil (Brasília e Salvador), na Itália (Florença e Pisa) e no Canadá (Montreal) durante sua residência artística (2007) na Bishop's University. Atualmente, Valécia Ribeiro trabalha no projeto de criacão artística Em/Entre um ser há/e um outro, parte de um processo colaborativo com o artista e músico Cyrille Brissot (França), iniciado na exposição em 2010 no MAM - Museu de Arte Moderna da Bahia. 

 

GingaP.

Produção

Ginga P. Culture Business é uma empresa envolvida em vários segmentos ligados à música e à cultura. Suas atividades incluem a concepção e execução de projetos, consultoria na área de marketing cultural, desenvolvimento de ações no mercado internacional e estratégias de distribuição. O slogan “Trazendo a música do mundo até você” descreve o conceito da empresa: fomentar intercâmbios de cultura e negócios entre Brasil e o mundo, suplantando os obstáculos comerciais, administrativos e logísticos do mercado com muita ginga e criatividade.
Desde 2004 a empresa promove o intercâmbio entre artistas brasileiros e internacionais através de projetos como “Encontros Percussivos: Conexão Bahia-New York”, “Santo Antonio Jazz Festival”, “Guettotech: África, América e mais um continente à sua escolha”, e “Turismo Musical”. Em 2010 a Ginga P consolidou sua posição diferenciada no mercado brasileiro e internacional através do trabalho de desenvolvimento e execução do projeto “Rede Motiva - A cadeia produtiva da música, seus eixos motivadores e a valorização da identidade artística”, uma ação estruturante da iniciativa Conexão Vivo, patrocinado pela empresa telefônica Vivo, Faz Cultura e o Estado da Bahia.
Nos últimos quatro anos mantém uma parceria com o selo americano Six Degrees, sendo a Ginga P seu exclusivo licenciado e distribuidor no Brasil, trabalhando também em conjunto com o mesmo em projetos ligados à música brasileira. Entre os artistas lançados no Brasil estão Spanish Harlem Orchestra, Michael Franti & Spearhead, Zuco 103, Gaudi + Nusrat Fateh Ali Khan, Carlos “Patato” Valdes, Niyaz, Cheb i Sabbah, e Shrift (com a cantora Carioca/Inglesa Nina Miranda.). A Ginga P. também trouxe para o Brasil outros parceiros internacionais como a BBC Radio 3, Crammed Disc/Ziriguiboom, e a Putumayo World Music.
Seguindo seu diferencial, a empresa investe na estratégia de distribuição de produtos de seus parceiros no mercado não tradicional brasileiro (lojas de objetos de decoração, moda, artesanato, livrarias, spas, cafés, hotéis, museus, etc.). Estabelecimentos que demonstram uma forte preocupação com o ambiente musical de seus espaços e principalmente, com o bem-estar do cliente. O conceito da Ginga P. é tratar o CD como um objeto de arte, cultura e decoração, trabalhando com a premissa de que só a música faz o ambiente ficar completo. Com essa idéia em mente forma parcerias comerciais com conceituados estabelecimentos no Brasil e também participa de eventos como APAP (Association of Public Arts Presenters), WOMEX (World Music Expo.), Feira Musica Brasil, Porto Musical, Casa Cor São Paulo, Circuito Craft Design e a D.A.D/Gift Fair.